Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Mais Notícias > Ifap realiza aula inaugural de novo curso de especialização
Início do conteúdo da página

Ifap realiza aula inaugural de novo curso de especialização

Publicado: Quarta, 03 de Novembro de 2021, 17h04 | Última atualização em Segunda, 08 de Novembro de 2021, 13h44

O Campus Laranjal do Jari do Instituto Federal do Amapá (Ifap) realiza, no próximo dia 8/11, a aula inaugural do curso de pós-graduação lato sensu em Agroextrativismo e Desenvolvimento Regional. O evento ocorre às 19h, na TvIfap, no YouTube.

A aula inaugural ambientará os alunos, promovendo o primeiro contato entre professores e estudantes do curso. Na oportunidade, serão abordadas as perspectivas do Agroextravismo e do desenvolvimento regional na Amazônia e orientações sobre o início das primeiras disciplinas. O evento também contará com palestra ministrada pela Drª. Ana Cláudia Lira Guedes, representante da Embrapa/AP.

 O curso

O curso terá duração de três semestres e será desenvolvido de forma semipresencial, com 50% da carga horária em atividades teóricas on-line e 50% em teórico-práticas, em encontros presenciais. Podem concorrer a vagas na especialização estudantes graduados, portadores de diplomas devidamente reconhecidos, validados e/ou revalidados por órgão competente do Ministério da Educação (MEC), em todas as áreas de conhecimento. A especialização terá a duração mínima de 12 (doze) meses , tempo máximo de 18 (dezoito) meses e oferta 30 vagas .

Segundo o coordenador do curso, Cássyo Lima, a especialização em Agroextrativismo e Desenvolvimento Regional atenderá todo o Vale do Jari, possibilitando a continuidade da formação profissional.  “Este curso potencializa com que a diversidade de povos no território amazônico possam ser assistidos por profissionais que construam de forma conjunta tecnologias voltadas para o desenvolvimento sustentável, levando em consideração as dinâmica regionais e locais, valorizando assim a biodiversidade e os conhecimentos tradicionais, tão significativos para essa região”, explica.

O diretor de Ensino do Campus, Michael Moraes, destaca que o curso foi pensado estrategicamente para o Campus Laranjal do Jari pela sua localização geográfica, que faz fronteira com o estado do Pará, onde se desenvolve a cultura extrativista. "É  muito forte a questão do extrativismo na região, seja pelo cultivo da castanheira, do açaí etc.  O curso tem como objetivo  fomentar o desenvolvimento regional e promover a verticalização do ensino", finaliza.

Por Tiago Ferreira, jornalista do Campus Laranjal do Jari

Instituto Federal do Amapá (Ifap)
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
Twitter: @ifap_oficial
Facebook:/institutofederaldoamapa

Instagram: @ifapoficial

registrado em:
Fim do conteúdo da página